Freguesia » Historial


Pouco tempo após a chegada à ilha de São Miguel, alguns dos primeiros povoadores vieram fixar-se neste local, que lhes pareceu propício devido ao aspecto fértil das suas terras e ao seu fácil acesso ao mar. Chamaram Vila Franca do Campo à povoação nascente, por esta se situar num “campo” plano e extenso e por ser “franca” de direitos. Segundo reza a história, foi seu fundador Gonçalo Vaz Botelho, que aqui se fixou em meados do séc. XV.

 

O lugar cedo prosperou e cresceu em habitantes, tornando-se na primeira capital da ilha e sede do seu único concelho por muitos anos. Aqui viviam os Capitães Donatários que então governavam a ilha. A cultura da cana-de-açúcar era a sua principal fonte de riqueza.

Essa época foi brutalmente interrompida pelo terramoto de 1522, que soterrou quase completamente a vila e fez desaparecer elevado número dos seus habitantes. Apesar de logo reconstruída, Vila Franca do Campo ressurgiu já sem a importância anterior, perdida a favor de Ponta Delgada que se tornou capital da ilha.

A 18 de Março de 1900, Vila Franca do Campo foi a primeira, tanto a nível regional como nacional, a receber iluminação pública de energia eléctrica, projecto que foi possível graças ao engenho e talento do Eng.º José Cordeiro e ao espírito progressista e empreendedor do então presidente do município vilafranquense, Dr. António da Silva Cabral.