Turismo » Património


Igreja Matriz

 

Dedicada a São Miguel Arcanjo, é um dos templos mais antigos da ilha. A primitiva igreja foi instituída pelo Infante D. Henrique, que ordenou a sua construção, e foi Rui Gonçalves da Câmara (séc. XV), terceiro Donatário da ilha, quem a edificou, cumprindo, assim, a vontade e as ordens do Grão-Mestre da Ordem de Cristo. Destruída pelo terramoto de 1522, foi de imediato reconstruída à imagem da primitiva Igreja.

É um templo de três naves, com uma imponente fachada e torre sineira em basalto negro, onde se inscreve um pórtico em ogiva, encimado pela rosácea em estilo gótico e arrematado o frontispício pela Cruz de Cristo. Na torre pode-se encontrar o sino mais antigo da ilha.

Santuário de Nossa Senhora da Paz
Erguida no monte com o mesmo nome, a Ermida de Nossa Senhora da Paz, que remonta ao séc. XVI, é hoje um Santuário muito venerado. Ao longo dos séculos foi sendo objecto de várias intervenções com vista à sua conservação.
Igreja e Hospital da Misericórdia
Foram originalmente erguidos em finais do séc. XV, tendo sido este o primeiro edifício hospitalar dos Açores. A igreja, dedicada ao Espírito Santo, foi refeita nos séculos XVII-XVIII.
Convento de Santo André
Data dos séculos XVI-XVII. Parcialmente destruído após a extinção das ordens religiosas, em 1832, restam ainda de pé o Parlatório e a Igreja. Esta é um templo de duas naves, albergando um interessante altar-mor em talha e azulejos, com a imagem de Santo André.
Ermida de Santa Catarina
(séc. XV) a pequena Ermida, que acolhe São Pedro Gonçalves padroeiro dos pescadores, é profundamente decorada no fim-de-semana da sua festa que nesta freguesia é popularmente conhecida por festa do “Irró”
Ermida da Mãe de Deus
Localizada junta da Escola Básica Integrada com secundário de Vila Franca do Campo, actualmente esta Ermida tem vindo a ser utilizada como Casa Funerária.
Câmara Municipal
O presente edifício data do séc. XVIII, embora a criação do Concelho remonte ao século XV. É um belo exemplar arquitectónico, com escadaria exterior e torre sineira. A sul do edifício ergueu-se em tempos o Pelourinho da vila
Museu Etnográfico
Reúne peças do quotidiano local, encontrando-se dividido em vários núcleos museológicos: Núcleo da Olaria, do Forno de Barro, da Electricidade e Naval